Pesquisar este blog

quarta-feira, 21 de maio de 2008

Finalmente, o lado bom!


Vamos ao primeiro texto de maio!!

No filme "Constantine" (é isso mesmo?), o anjo Gabriel diz ao Constatantine que estava dando passagem livre aos demônios para a Terra, porque só assim o homem teria salvação. "Hã?!" Eu me perguntei. É que ele acreditava que somente no sufoco, somente perante o perigo, o homem procura se apegar a Deus. E ele falava a verdade.
No dia 12 de maio, um terremoto de 7.9 graus na escala Richter atingiu o sudeste da China, deixando mais de 41.000 mortos, de 200.000 feridos e um grande número de desaparecidos. Milagrosamente, muitas pessoas sobreviveram nos escombros durante dias. Uma grávida e seu bebê, uma senhora - que está viva depois de 9 dias soterrada!! Cara... Ainda tenho que refletir mais sobre essa questão, embora me pareça que o que sei até hoje ainda é o mais cabível- Deus.
Minha mãe comentou comigo uma vez que quando é hora da pessoa partir desse mundo (olha o eufemismo) então não há nada que explique, nem que impeça. Eu discordei. Ora! Eu teria que acreditar em destino e predestinação- e até hoje não tenho um conceito definido sobre o assunto.Mas é tão difícil acreditar que aquele bebêzinho que nasceu ao morrer veio predestinado a isso. Bom, quem sabe a missão dele não era mudar a vida dessa mãe que o perdeu? Vai saber.. Quem sou eu pra entender os desígnios de Deus?
A questão que eu quero abordar na verdade é que ninguém merece um terremoto do nível desse que atingiu a China (e que já está entre os maiores do mundo). Nenhum ser humano deveria ser submetido a uma catástrofe tão imensa. Imagine você, vendo a sua casa destruída. E não só ela, como toda a sua cidade. Sua família, seus amigos, todos soterrados. Vê a morte e a destruição ao seu redor. E, de repente, se dá conta da sorte que teve de estar vivo! Sabe aquilo que você faz todo dia? É, abrir os olhos, respirar, se espreguiçar, sentir sono, fome... Tudo isso poderia não acontecer mais num piscar de olhos. Ou num tremor de terra...
Inacreditavelmente, o homem, tão arrogante, tão ambicioso, tão maldoso, egoísta, cheio de defeitos, acaba por mover-se para salvar vidas. Vidas essas que não têm, aparentemente, ligação nenhuma com a dele. E, de uma hora pra outra, aquela criança que você salvou entra pra sempre na sua vida. Você nunca mais esquecerá aquele rostinho, aqueles olhinhos rasgados que choravam de dor e depois de alegria olhando pra você. Nossa!! Isso é surpreendente! Não é que o homem mal, tem um lado bom, humanitário, solidário, fraternal? Por que, ó bendito ser humano, você não age sempre assim?? Por que é que você insiste em espalhar a sua ganância por aí? Veja o exemplo dos EUA. Monopoliza tanto o mercado, faz guerra para ter ainda mais dinheiro e poder, mata uma infinidade de pessoas, para depois fazer doações a pessoas igualmente desesperadas como aquelas que você mesmo matou, só pra posar de bom moço???
Fatos como esse me desolam e me consolam ao memso tempo. Paradoxo? Nem tanto. Me desola porque vejo que o ser humano é capaz de ajudar os outros e não o faz. E me consola por saber que, mesmo com tudo o que faz, ainda existe um resquício daquilo que chamamos humanidade. Que o instinto de proteção da espécie nos guie, então.

2 comentários:

Banda Dom de Deus disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leonardo Wesley disse...

Oie!
Bom, realmente um lado bom. É dicicil mesmo acreditar, que essa "raça" de animais racionais que se deixam levar por bens materiais,ainda passam dias sem dormir, sem comer para ajudar muito daqueles que talvez nunca tinha dado atenção, e muitos outros que nem gostava de encontralo.
Mas, essa compaixão, esse sentimento de acolhida, esse sentimento de amor ao proximo, é realmente existe algo maior do que SENTIMENTOS egoistas.
Eu acredito que Deus tudo muda, e nunca é tarde para procurar o seu auxilio. Ele sim muda a história de todos, e tudo tem um proposito de baixo dos céus, mas ainda ele nos deixou o livre arbitrio, e dai que vem muito dos erros.
Em que questão com a natureza? Não sei, também não acho justo tantas pessoas morrerem, e também me vejo sem explicação. Bom o que nos resta aqui desse lado do mundo, é orar a eles, e nos consolar com os sobreviventes.

Muito bom teu Blog, e interessante hehe....

Te amo!
Muito, do qui sempre do seu lado...
Muitos beijos...